Tupaciguara/MG (1983). Vive e trabalha em Goiás/GO.

 

Minhas investigações artísticas abrangem as relações entre autobiografia, temporalidades e espacialidades. Discuto como as memórias são possibilidades para pensar a contemporaneidade, recorrendo a contranarrativas para reposicionar as relações afetivas. Dessa forma, brinco com o real e o ficcional através da construção poética de imagens, negociando as relações entre o íntimo e o coletivo. Ao utilizar minhas vivencias e arquivos enquanto elementos para a criação, recorro a materialidades domésticas para produção de sentidos, trabalhando com desenho, pintura, audiovisual e performance.

Formação acadêmica/Titulação

 

- Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual, FAV – UFG.

- Mestre em Artes pelo Programa de Pós-Graduação em Artes, UFU (2014).

- Especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação, SENAC/MG. (2012).

- Graduação em Arquitetura e Urbanismo, UFU (2007).

Exposições individuais

2022. O muito que sobrou. Vila Cultural Cora Coralina. Goiânia/GO.

2020. Esse menino chora demais. Galeria Ido Finnoti. Uberlândia/MG.

2018. Pirraça. Galeria de Arte Lourdes Saraiva. Uberlândia/MG .

2018. Notas íntimas arbitrárias. Biblioteca Cajuí. Goiás/GO. 

2016. Linhas de Fuga. Museu Universitário de Arte – MuNA. Uberlândia/MG. 

2016. Manda Nudes. Universidade Federal de Goiás. Goiás/GO. 

2016. Até onde a vista não alcança. Galeria Veiga Vale. Palácio Conde dos Arcos. Goiás/GO.

2016.  Até onde a vista não alcança. Sala alternativa da Oficina Cultural de Uberlândia.  Uberlândia/MG. 

Exposições Coletivas:

 

2021. Acropolis Remix pavilion at The Wrong Biennale nº5.

2021. V Bienal do Sertão (on-line).

2021. Gira Circuito Itinerante de Performances (on-line). 

2021. 43° Salão de Artes Plásticas Waldemar Belisário. Ilhabela/ SP.

2021. Salão de Artes de Vinhedo. Vinhedo/ SP.
2021. ÑZANZA. Imersões Curatoriais Escola Sem Sítio. Rio de Janeiro/RJ.
2021. III Exposição Internacional de arte e Gênero. LASUB - UFMS. Santa Maria/RS.

2020. 2° Salão de arte em pequenos formatos do MABI - Museu de Arte de Britânia. 

2020. Dissidências. Estúdio Apotheke de Pintura. Florianópolis/SC. 

2020. Tramações: a memória e o têxtil. Galeria Capibaribe. Recife/PE.

2020. Narrativas e memórias poéticas: experiências em tempos de pandemia. Goiás/GO.

2019. Difusão Paralela. ALEGO. Goiânia/GO. 

2018. Exposição Erotismo e Filosofia. UFG. Goiás/GO.

2018. Refazer. Casa Polidoro. Uberlândia/MG. 

Residência artística

2021. Kaaysá Summer Edition. Curadoria: Márcio Harum.

Prêmio

2021. Obra premiada honorificamente - Salão de Artes de Vinhedo. Vinhedo/ SP

Atuação Profissional

- Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Goiás – Regional Goiás (atual)

- Cenógrafo do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia (2010-2016).

Instagram

Lattes 

emillianofreitas@gmail.com